Super League Triathlon chega ao Brasil

O Super League Triathlon (também conhecido como SLT) é uma marca que promove competições de nada-pedala-corre e reúne atletas de alto rendimento em destinos paradisíacos para disputar provas rápidas e emocionantes não só para quem participa, mas também para quem assiste. Nomes de peso como Jonathan Brownlee e Vicky Holland, britânicos que conquistaram as medalhas de prata e bronze, respectivamente, nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, estão entre os profissionais que competem na Série Championship em busca do título de campeão da temporada e dos maiores prêmios do triathlon mundial.

As triatletas brasileiras Luisa Baptista e Vittória Lopes, ouro e prata nos Jogos Panamercianos de Lima em 2019, são duas outras profissionais que já competiram no Super League Triathlon. Luisa, aliás, virou notícia internacional por inovar na primeira etapa do Championship 19/20, disputada em Jersey (no Reino Unido), em setembro passado: ela correu descalça! É que na dinâmica da prova o último atleta a sair da área de transição é eliminado imediatamente. O formato que é marca registrada do Super League é chamado de Enduro, onde o atleta repete a tripla sequência de disciplinas (natação-ciclismo-corrida) 3 vezes, em 8 transições super velozes, colocando em xeque a sua agilidade na adaptação entre cada uma delas.

“Estou muito feliz com a chegada do Super League Triathlon ao Brasil porque as pessoas terão a chance de experimentar as nossas provas, que são as mais emocionantes do triathlon. O Super League é rápido, imprevisível e, acima de tudo, divertido. Nós crescemos muito nos últimos dois anos e meio, e estamos iniciando um ambicioso programa de expansão. Há demanda para as nossas competições em todo o planeta e estamos bem contentes por trabalhar com a Vega Sports, que está nos ajudando a realizar nossos eventos de alta qualidade no país”, disse Michael D’hulst, CEO e cofundador do Super League.

“A quebra de paradigmas e os conceitos embarcados no Super League, que estão revolucionando a experiência dos diversos públicos de interesse envolvidos no esporte (a começar pela valorização dos atletas profissionais), geram ótimas perspectivas para os eventos no Brasil e foram determinantes para trazermos a marca para o país”, explica Gustavo Almeida, cofundador da Vega Sports. “O Super League é vibrante, desafiador e inclusivo ao mesmo tempo, pois suas curtas distâncias têm esse poder. Uma marca sexy e com os tipos de prova de triathlon que faltavam aqui”, completa Marcos Yano, cofundador da Vega Sports.

História
Fundado em 2017 por Chris “Macca” McCormack, Michael D’hulst e Leonid Boguslavsky, três ex-atletas (um profissional e dois amadores) com experiência em organizar eventos esportivos, o Super League Triathlon nasceu do desejo de reinventar e revigorar o triathlon e devolver a alegria para as provas. Desde então, já realizou 11 grandes eventos mundo afora, incluindo Bali (Indonésia), Jersey (Reino Unido), Malta, Maiorca (Espanha), Poznan (Polônia), Sentosa (Singapura) e Penticton (Canadá).
Em 2020, novas competições das Séries Championship e Qualifier serão anunciadas e formarão o calendário da próxima temporada. Incluindo os eventos do Brasil, que acontecem sob o comando da Vega Sports. Com o esporte crescendo no país, as provas de curta distância ganham fôlego novo aqui e, pautadas nos valores do SLT, exigirão dos triatletas mais potência, pensamento estratégico e habilidades técnicas nas quatro modalidades – natação, ciclismo, corrida e transição.

Séries de provas
O Super League Triathlon criou formatos de competições inovadores, ora invertendo a ordem das modalidades, ora dividindo as distâncias ao meio e multiplicando o número de transições. São três séries de provas rápidas, com resultados imprevisíveis e que coroam os melhores e mais versáteis triatletas masculinos e femininos, chamados de: Regional, Qualifier e Championship.
Na Série Regional, recém-criada e cuja estreia acontece neste ano no Brasil – data e mais detalhes em breve –, atletas profissionais e amadores de vários níveis e idades (entre 15 e 90 anos) podem experimentar a dinâmica e a intensidade do Super League Triathlon durante todo o ano. Os vencedores gerais feminino e masculino ainda são convidados a participarem da Série Qualifier.
A Série Qualifier, por sua vez, veio para elevar o nível de prova de triathlon com percursos extremamente técnicos e em locações incríveis. Nela, os participantes competem por performance e pela chance de conquistarem uma vaga na Série Championship.
Por fim, é na Série Championship (que acontece entre agosto e novembro) que os maiores triatletas do mundo colocam todas as suas habilidades em jogo: pensamento estratégico, técnicas de cada modalidade, criatividade, força, resistência e garra. Um show de entretenimento esportivo para todos que participam e assistem in loco ou transmitido na TV ou via streaming.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *